História
Fundadoras
Carisma
Lema
Espiritualidade
Devoções
Lectio Divina
Organização
Etapas de Formação
Comunidades
Missões Ad gentes
Nossa Missão
Onde estamos
Família Espiritual
Reze Conosco
SAV
Serviço Social
Notícias
Prov. Giustina e Maria
Galeria de Fotos
Aniversário
Calendário Anual
Fale Conosco
 
 

A esta “Família espiritual” pertencem os membros da Congregação religiosa das Irmãs Beneditinas da Divina Providência, aos quais compete transmitir a identidade carismática, de comunicar a espiritualidade e o impulso missionário de anunciar e encorajar os leigos para partilhar o carisma segundo a sua índole secular e segundo seu diversificado estilo de vida, para convidá-lo a descobrir novas formas de atualizar o mesmo carisma e missão.
Os Leigos constituem o Movivento Laical, o qual articula-se em diversos níveis, dos mais simples e menos exigentes, aos mais compromissados e estruturados, como os Oblatos.

Modalidades de pertença

Amigos, Colaboradores, Benfeitores
São todas as pessoas que conhecem e acompanham, com simpatia, as atividades apostólicas desenvolvidas pelas Irmãs Beneditinas da Divina Providência ou que nelas trabalham; os que se comprometem, através de diferentes formas de voluntariado, a levar a diante, junto com as Irmãs, as atividades educativas ou assistenciais e pastorais de cada comunidade local das Irmãs Beneditinas da Divina Providência, partilhando não somente responsabilidades e objetivos, mas também motivações e ideais espirituais.

 

Oblatos
São Leigos aos quais o Senhor dá a vocação de aprofundar, assumir e participar mais intensamente da espiritualidade, do carisma e da missão da Congregação das Irmãs Beneditinas da Divina Providência.
Implica encarnar o Evangelho segundo o espírito das fundadoras, Maria e Giustina Schiapparoli, para um ulterior e mais radical vivência da consagração batismal.
“As pessoas que desejam instaurar um relacionamento mais profundo e oficial com a Congregação, depois de um tempo suficiente de preparação, e consideradas idôneas, podem fazer parte do grupo dos oblatos, comprometendo-se a observar o Estatuto.” (Art. 284 do Diretório Geral)